Twitter Updates 2.2: FeedWitter

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Redução de estômago, consciência dos riscos

Quando optei por reduzir meu estômago e desviar parte do meu intestino eu fiz sabendo perfeitamente o que me esperava, e mesmo assim a gente entra em curto em certos momentos.
Escrevo este texto hoje porque infelizmente é necessário mencionar as probabilidades de complicações no pós cirurgico.
Semana passada a irmã de uma amiga minha veio a falecer em Curitiba devido a complicações pós cirurgicas mesmo após sete meses de cirurgia bariátrica.
Devo ter mencionado em alguma parte do meu blog que eu tive um fechamento anormal do meu estômago após a cirurgia, pois bem, assim que o médico introduziu a dieta sólida eu comecei a vomitar e sentir dores no abdomem, a comida ia até a entrada do estômago e voltava e isso era exremamente incômodo, senti isso numa sexta feira e na segunda já voltei ao médico (dr. Darlan) que via endoscópica através de um balão dilatou a entrada do meu estômago e resolveu o problema, simples assim.
Infelizmente esata moça a que me referi teve a mesma complicação, e sinceramente não sei lhesresponder o porquê, mas ela persistiu com esse grave comprometimento até que ocasionou seu falecimento, segundo minha amiga ela já havia perdido em média uns 60 kg.
O que venho alertar aqui é o seguinte, a perda de peso média aceitável após o segundo mês (os primeiros são mais acelerados) varia entre 2 e 6 kg, fora disso fique em alerta. A cirurgia bariátrica é um instrumento que nos auxilia, mas temos de estar atentos as suas complicações, quando resolver fazer procure um bom médico e que disponha de uma equipe multidisciplinar confiável, com psicólogos, psiquiátras, fisioterapeutas, nutricionista, enfim, uma grade que vai te deixar confiante, bem informada e certa do que tem de fazer.
Optar pela bariátrica é um bom caminho, mas tem de se optar também pela segurança.
Cuidado com emagrecimento rápido demais, cuidado com dores abdominais, sinais de embuxamento, engasgos, vômitos fortes, cada sinal deste pode ser um simples sinal de intolerância à algum alimento, dumping, mas também pode ser algo mais grave.
Eu tive sintomas ruins, mas felizmente resolvi o estreitamento da entrada do estômago, descobri que meu mal estar era intolerância à lactose, tenho dumping às vezes, mas sempre procurei saber o que havia de errado.
Não tenha medo de procurar o médico assim que você pensar que tem algo fora do normal, pode ser que esteja só com medo, pode ser que não seja nada, mas é sempre bom buscar garantias, nem que você se torne aquele paciente chatinho.
Infelizmente é assim, nem tudo dá certo e nem sempre dá certo. Mas lembre-se a maioria das vezes absoluta é sucesso e os casos negativos vem quase sempre no pós cirurgico e podem ser controlados se diagnosticados e tratados da maneira correta.
Então, olho na balança, peso demais perdido é sinal de alerta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Comentários com palavras de baixo calão, ofensas ou inapropriados serão excluidos.